( ! ) Warning: Error while sending QUERY packet. PID=11544 in /apps/agracadaquimica/wp-includes/wp-db.php on line 1942
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0002234800{main}( ).../index.php:0
20.0003237584require( '/apps/agracadaquimica/wp-blog-header.php' ).../index.php:17
30.463842225152wp( ).../wp-blog-header.php:16
40.463842225416WP->main( ).../functions.php:955
50.463942226888WP->parse_request( ).../class-wp.php:733
60.464642264168get_page_by_path( ).../class-wp.php:236
70.465042267688wpdb->get_results( ).../post.php:4269
80.465142266672wpdb->query( ).../wp-db.php:2511
90.465242266816wpdb->_do_query( ).../wp-db.php:1830
100.465242266864mysqli_query ( ).../wp-db.php:1942
Humphry e o Óxido Nitroso | A Graça da Química
« »

O nitrogênio possui, ao todo, sete óxidos: N2O5 (pentóxido de dinitrogênio), N2O4 (tetróxido de dinitrogênio); N2O3 (trióxido de dinitrogênio); N2O2 (dióxido de dinitrogênio); NO2 (dióxido de nitrogênio); NO (monóxido de nitrogênio ou óxido nítrico) e; finalmente, o N2O (monóxido de dinitrogênio ou óxido nitroso). Este último encontra-se ligado ao nome de Humphry Davy, que o descobriu em 1800.

Davy nasceu em 17 de dezembro de1778, na região da Cornualha, no sudoeste de Grã-Bretanha; um garoto pobre, visto que seu pai deixaria, para ele e sua mãe, dívidas. Não tendo apreciado a educação escolar, Davy tornou-se aprendiz de farmacêutico, tornando-se um autodidata. Tendo seu interesse despertado para a Química depois de ler o Traité élémentaire de Chimie de Lavoisier, Davy iniciou rapidamente trabalhos experimentais, improvisando a aparelhagem de laboratório mediante o uso de garrafas de vinho e xícaras de chá, por exemplo.

Com talento poético, este faria apresentações científicas (lectures) na Royal Institution, com o charme e a desenvoltura de um verdadeiro shawman. Além de talentoso, diz-se que Davy era muito bonito, o que tornava suas lectures especialmente atraentes para as damas. Talvez Humphry tenha sido o químico que mais se afastou do estereótipo de Hollywood criaria mais tarde para os cientistas, do sujeito desengonçado, estudioso, feio e com óculos “fundo de garrafa”.

Interessado nos efeitos fisiológicos dos gases, Davy utilizou a si mesmo como cobaia em muitas oportunidades, inalando diversos tipos de gases. Ao realizar experiências com o óxido nitroso, no entanto, Davy descobriu que esse o deixaria com uma sensação de vertigem quando inalado, tendo também descoberto suas propriedades anestésicas.

Segundindo seus passos, outros também experimentaram inalar o óxido nitroso, verificando que os “freios morais” e inibições eram diminuídos mediante o seu uso, levando o indivíduo ao riso e ou choro fácil – parece que mais ao primeiro efeito do que o segundo – visto que o gás terminaria por ser batizado de “gás hilariante”, ou, “gás do riso”. Não demorou muito para que “festinhas de embalo”, nas quais a inalação de gás do riso era parte do programa, fossem organizadas. Nestes tempos de ecstasy e outras drogas, não deixa de parecer ingênua a cena de vários convidados inalando ansiosamente o inocente N2O. Por essa, o bonitão Davy certamente não esperava, mas não deixa de ter certa coerência com sua fama de playboy.

Davy tornou-se ainda mais famoso ao empregar a eletricidade para isolar elementos a partir de seus respectivos sais fundidos, tendo sido o primeiro a isolar sódio, potássio, cálcio, bário, magnésio e estrôncio.

Davy morreu em 1829, na Genebra, Suiça, tendo deixado ao mundo além do N2O e dos diversos elementos por ele isolados, uma outra grande contribuição para a Química: seu mais famoso discípulo, Michael Faraday, que, não por acaso, conduziria pesquisas envolvendo compostos químicos e eletricidade. Essa obra, certamente Davy assinaria embaixo:

Comentários