( ! ) Warning: Error while sending QUERY packet. PID=11523 in /apps/agracadaquimica/wp-includes/wp-db.php on line 1942
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0002234776{main}( ).../index.php:0
20.0003237560require( '/apps/agracadaquimica/wp-blog-header.php' ).../index.php:17
31.202342668808wp( ).../wp-blog-header.php:16
41.202342669072WP->main( ).../functions.php:955
51.202342670544WP->parse_request( ).../class-wp.php:733
61.203142707648get_page_by_path( ).../class-wp.php:236
71.203642711128wpdb->get_results( ).../post.php:4269
81.203642710112wpdb->query( ).../wp-db.php:2511
91.203742710248wpdb->_do_query( ).../wp-db.php:1830
101.203742710296mysqli_query ( ).../wp-db.php:1942
Íons no nosso corpo | A Graça da Química
« »

Os íons são muito importantes para o bom funcionamento do nosso organismo. Seu excesso ou carência pode causar problemas à nossa saúde.
Os íons encontrados em grande quantidade (concentrações) no nosso organismo são chamados de macroelementos. Veja alguma das funções desempenhadas por alguns desses íons e as suas consequências de sua falta ou excesso.
Na+: Cátion sódio
Em nosso organismo, atua no controle da pressão sanguínea e na propagação de impulsos nervosos.
Sua deficiência no organismo em geral ocorre por perda excessiva de líquido, decorrente principalmente de diarréias, doenças renais e uso inadequado de diuréticos, podendo causar letargia (“moleza”), fraqueza, redução da pressão arterial e até convulsões.

O excesso de íon Na+, ingeridos por meio dos alimentos ou, deliberadamente, quando utilizamos o sal de cozinha, pode causar aumento da pressão arterial.

Ca+2: cátion cálcio

Além de formar ossos e dentes, o cálcio participa dos processos de coagulação, contração muscular, regulação de batimentos cardíacos e atuação de enzimas.
A deficiência de cálcio (hipocalcemia) pode provocar osteoporose, raquitismo, paralisia muscular total ou parcial e hipertensão arterial.
As cascas de ovos, limpas, secas (em forno ou sol) e reduzidas a pó, são uma excelente fonte de cálcio. Em algumas creches, mingaus e sopas são preparadas com  este pó.

O excesso de cálcio (hipercalcemia) pode levar à perda da função renal, à formação de cálculos renais e a distúrbios psíquicos.
As principais fontes de cálcio são: queijo, vegetais de folhas verde-escuras, moluscos, sardinha e salmão.

 

Fe+2: cátion de ferro II ou ferroso
O metal ferro normalmente origina dois cátions: Fe+2 ou Fe+3. Embora o nosso organismo utilize somente o Fe+2, muitas vezes ingerimos ferro na forma de Fe+3. Quando o Fe+3 entra em contato com o suco gástrico, uma pequena parte dele poder ser transformada em Fe+2.
A quantidade de ferro em nosso organismo varia de 3 a 5g, e cerca de 75% desse total faz parte da hemoglobina presente nas hemácias, a qual é responsável pelo transporte de gás oxigênio (O2) no processo da respiração.

As hemácias (eritrócitos) são células  que fazem parte da série vermelha do sangue, que contém hemoglobina. A hemoglobina possui quatro grupos herme, que podem se ligar a uma molécula de O2  por meio do ferro presente em seu interior. Imagem de microscópio eletrônico ampliada 1320 vezes.
 

Extraído: Química Geral Vol. 1 – Usberco e Salvador. Editora Saraiva, 2009.

Comentários