( ! ) Warning: Error while sending QUERY packet. PID=11539 in /apps/agracadaquimica/wp-includes/wp-db.php on line 1942
Call Stack
#TimeMemoryFunctionLocation
10.0003234776{main}( ).../index.php:0
20.0004237560require( '/apps/agracadaquimica/wp-blog-header.php' ).../index.php:17
30.466242224640wp( ).../wp-blog-header.php:16
40.466342224904WP->main( ).../functions.php:955
50.466342226376WP->parse_request( ).../class-wp.php:733
60.467042263600get_page_by_path( ).../class-wp.php:236
70.467542267048wpdb->get_results( ).../post.php:4269
80.467542266024wpdb->query( ).../wp-db.php:2511
90.467642266152wpdb->_do_query( ).../wp-db.php:1830
100.467642266200mysqli_query ( ).../wp-db.php:1942
O lixo atômico | A Graça da Química
« »

Estimativas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA):

  • 125 mil toneladas em 1992
  • 200 mil toneladas no ano 2000
  •  450 mil toneladas/ano em meados do século XXI.

A maioria das “soluções” atualmente propostas para a disposição final do lixo atômico envolve seu enterro no subsolo numa embalagem especial com proteção forte o bastante para impedir que sua radioatividade escape.

Riscos: a contaminação do ar e a da água.

Isótopos contidos no lixo atômico:

Plutônio (Pu): meia-vida = 24000 anos
Neptúnio (Np), Am, Cm, Sr90, Cs137 : meia-vida = 30 anos
Tc99: 21300 anos
I129 : 16 milhões de anos

Comentários